Nome do Projeto
Projeto Integrado do Centro Agropecuário da Palma
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
01/02/2023 - 01/02/2027
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias
Eixo Temático (Principal - Afim)
Tecnologia e Produção / Tecnologia e Produção
Linha de Extensão
Educação profissional
Resumo
O Centro Agropecuário da Palma (CAP) é um órgão suplementar da UFPel, que tem por objetivo precípuo abrigar atividades de pesquisa, ensino e extensão que envolvam Ciências Agrárias. O CAP conta atualmente com 652,4 ha de área ocupados com: floresta de árvores nativas e exóticas, cultivo de grãos, produção de frutas, horto florestal, criação de bovinos, ovinos e equinos, apiário entre outros. A manutenção das atividades nas diferentes áreas gera, além de informações e treinamento de estudantes, um ônus de depreciação da estrutura e custo com mão de obra. Gastos estes que criam dificuldades de gestão de recursos dentro da estrutura da Universidade. Porém, é notório que ao final do desenvolvimento das atividades de ensino, pesquisa e extensão sejam obtidos excedentes de produção que não devem ser descartados. Desta forma, é fundamental que os excedentes sejam comercializados e o recurso obtido seja reaplicado no CAP para manutenção do funcionamento da estrutura no nível em que a sociedade espera da instituição. Portanto, este projeto visa a integração das diversas atividades desenvolvidas no CAP, para que essa unidade possa se consolidar como uma estrutura de suporte para o ensino, pesquisa e extensão promovidos pela UFPel.

Objetivo Geral

Consolidar e integrar os diversos projetos que são desenvolvidos no CAP que envolvam atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Justificativa

O Centro Agropecuário da Palma (CAP) foi criado com intuito de ser uma fazenda escola onde diferentes saberes podem ser aprendidos, fixados e criados mediante o desenvolvimento de atividades de ensino, pesquisa e extensão no âmbito das Ciências Agrárias. O CAP possui uma área de 652,4ha com potencial de desenvolvimento de diferentes modalidades de exploração, permitindo o atendimento de diversos cursos de graduação e pós-graduação da UFPel e outras instituições conveniadas. As atividades básicas de funcionamento do CAP são mantidas por recursos destinados pela administração central da UFPel.
Devido à diversidade de atividades desenvolvidas no CAP há a necessidade da integração e consolidação através de um projeto único para que possa realizar de forma ágil e dinâmica a qualificação dos espaços físicos, aquisição de insumos bem como a destinação dos excedentes gerados pelos subprodutos das atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Metodologia

O CAP conta com um Conselho Acadêmico constituído por representantes das diferentes categorias diretamente envolvidas nas atividades das diferentes áreas (docentes e discentes de graduação e pós-graduação; técnicos administrativos e gestores), que são responsáveis pela análise das atividades desenvolvidas bem como pelo mapeamento de prioridades e bom funcionamento da estrutura. Como no processo de mapeamento todos os procedimentos de manutenção básica da estrutura e de desenvolvimento de atividades de ensino, pesquisa e extensão são avaliados, o Conselho tem como atribuição planejar a dinâmica das atividades desenvolvidas e onde podem ser aplicados os recursos dos excedentes em cada uma das áreas, conforme segue:
1. Atividades agronômicas e florestais: no CAP são desenvolvidas atividades de ensino, pesquisa e extensão pelos cursos de Agronomia, Engenharia Florestal e Engenharia Madeireira.
1.1 Agronomia: nesta área, são desenvolvidas atividades de fruticultura (pêssego, laranja, limão, caqui, uva, butiá, araçá, abacate, oliveira), e cultivos de grãos em terras altas e terras baixas (soja, milho, arroz, trigo, aveia, azevém). Ao final de cada ciclo das culturas são produzidos excedentes que devem ser aproveitados na alimentação animal ou comercialização.

1.2 Engenharia Florestal e Engenharia Madeireira: nestas áreas são desenvolvidas pesquisas de comportamento de florestas (nativas, planejadas ou que se desenvolveram sem condução), determinando a melhor forma de exploração com vistas a proteção ambiental e rendimento econômico. Ao final de cada ciclo de desenvolvimento florestal, são produzidos excedentes que devem ser aproveitados na produção de materiais para manutenção de benfeitorias da UFPel ou comercialização.

2. Atividades veterinárias e zootécnicas: no CAP são desenvolvidas atividades de ensino, pesquisa e extensão majoritariamente pelos cursos de Medicina Veterinária e Zootecnia. Porém, quando da necessidade do uso de animais ou subprodutos, também são desenvolvidas atividades dos cursos de Biotecnologia, Odontologia e Nutrição.

2.1 Medicina Veterinária e zootecnia: nesta área são realizadas aulas práticas de diferentes disciplinas de graduação e pós-graduação, além da realização de cursos de treinamento e reciclagem de profissionais. Também são realizados experimentos de iniciação científica para graduandos e projetos de pesquisa para mestrado e doutorado. O adequado manejo alimentar e sanitário dos animais, aliado a eficiência reprodutiva, determina o crescimento dos rebanhos. Como existe restrição de espaço, animais excedentes devem ser comercializados. No caso dos bovinos leiteiros, o leite não utilizado nas atividades de pesquisa, ensino e extensão, deve ser comercializado. O mesmo deve ocorrer com a lã e o mel e outros derivados da apicultura.

2.2 Outros cursos: nesta área são realizadas aulas práticas de diferentes disciplinas de graduação e pós-graduação, além da realização de cursos de treinamento e reciclagem de profissionais. Também são realizados experimentos de iniciação científica para graduandos e projetos de pesquisa para mestrado e doutorado.

Indicadores, Metas e Resultados

- Capacitação de discentes de graduação e/ou pós-graduação e realização de cursos de extensão envolvendo manejo de implantação, condução e colheita de culturas destinadas a produção de grãos e frutas. Como resultado, são obtidos o treinamento de discentes e a capacitação da comunidade, bem como, o excedente da produção será encaminhado para comercialização.

- Capacitação de discentes de graduação e/ou pós-graduação e realização de cursos de extensão envolvendo manejo de implantação, condução e exploração de florestas. Como resultado, serão obtidos o treinamento de discentes e a capacitação da comunidade, bem como, o excedente da produção será encaminhado para beneficiamento e uso dentro da universidade ou comercialização.

- Capacitação de discentes de graduação e/ou pós-graduação e realização de cursos de extensão envolvendo manejo geral de criação de bovinos e ovinos (melhoramento animal, manejo de pastagens) e intervenções veterinárias (manejo sanitário, clínica médica, clínica cirúrgica, clínica reprodutiva,). Como resultado, serão obtidos o treinamento de discentes e a capacitação da comunidade, bem como, será obtido um incremento no volume de subprodutos e o crescimento do rebanho. O excedente de subprodutos e de animais será encaminhado para comercialização.

- Capacitação de discentes de graduação e/ou pós-graduação e realização de cursos de extensão envolvendo manejo geral de criação de abelhas. Como resultado, serão obtidos o treinamento de discentes e a capacitação da comunidade, bem como, será obtido um incremento no volume de mel e subprodutos). O excedente de subprodutos e de animais será encaminhado para comercialização.

Recursos Arrecadados

FonteValorAdministrador
Produtos agropecuários / excedentes de atividades de ensino, pesquisa e extensãoR$ 1.430.000,00Fundação Delfim Mendes da Silveira

Plano de Aplicação de Despesas

DescriçãoValor
339039 - Outros Serviços de Terceiro - Pessoa JurídicaR$ 1.430.000,00

Página gerada em 06/06/2023 23:06:42 (consulta levou 0.678143s)