Nome do Curso / Conceitos (*)
Matemática
Enade (2014)2CPC (2014)3CC (2013)3
Nível / Grau
GRADUAÇÃO / Licenciatura
Modalidade
Presencial
Turno
NOTURNO
Código UFPel
3820
Código e-MEC
122746
Unidade
Coordenador
A0L1L2L5L6L9L10L13L14Total
SISU 2018/1204544111141
Criação e Reconhecimento
Curso criado pela portaria 1656 de 25 de outubro de 2010.
Curso reconhecido pela Portaria nº 45 de 22/01/2015. Publicada no D.O.U de 23/01/2015.

Contextualização

O Curso de Licenciatura em Matemática visa formar professores de Matemática com conhecimentos, habilidades e atitudes condizentes com um profissional capacitado para atuar na segunda fase do Ensino de Fundamental e no Ensino Médio e preparado para continuidade de estudos em nível de Pós-graduação em Educação, em Matemática ou em áreas afins.

Objetivos

Os objetivos específicos do curso são:
a) Promover a formação de profissionais com consciência crítica da realidade, sólidos conhecimentos científicos e metodológicos (conhecimentos matemáticos e de ensino de matemática, conhecimentos pedagógicos dirigidos ao trabalho do professor e conhecimentos gerais complementares necessários ao exercício do magistério) que, no seu trabalho nos anos finais do Ensino de Fundamental e no Ensino Médio, sejam capazes de: 
  • Promover nos seus alunos o desenvolvimento do conhecimento e compreensão de conceitos matemáticos;
  • Fazer com que seus alunos saibam aplicar os conhecimentos matemáticos obtidos nas situações da vida em geral;
  • Desenvolver em seus alunos a habilidade de calcular, generalizar, analisar, induzir, deduzir, sistematizar, esboçar gráficos e usar a linguagem matemática;
  • Desenvolver a habilidade de empregar o pensamento lógico;
  • Despertar em seus alunos o interesse pela resolução de problemas, leituras de revistas e livros de matemática. 
b) Oportunizar aos alunos do curso, através de disciplinas de Didática Geral, Laboratório de Ensino de Matemática, e Trabalho de Campo, da utilização do Laboratório do Ensino de Matemática e da execução de trabalhos de ensino e extensão, uma formação que possibilite tanto a vivência crítica da realidade do ensino básico, como também a experimentação de novas propostas que considere a evolução dos estudos da educação matemática.

c) Possibilitar que haja um maior número de docentes na área de Matemática contribuindo para a formação de novos quadros de professores nas escolas de Ensino Fundamental e no Ensino Médio, contribuindo para a transformação da atual situação do ensino e da aprendizagem da matemática.

d) Possibilitar aos docentes egressos do curso uma base psico-social-cultural para a formação de futuros pesquisadores e professores universitários.

Perfil do Egresso

O curso de Licenciatura em Matemática tem por objetivo formar um professor de Matemática para a segunda fase do ensino fundamental e para o ensino médio, que seja um profissional, detentor das seguintes características:

a) Domínio do conhecimento matemático específico e não trivial, tendo consciência do modo de produção próprio desta ciência - origens, processo de criação, inserção cultural - tendo também conhecimento das suas aplicações em outras áreas.

b) Percepção do quanto o domínio de certos conteúdos, habilidades e competências próprias à matemática importam para o exercício pleno da cidadania.

c) Capacidade de trabalhar de forma integrada com os professores da sua área e de outras áreas, no sentido de conseguir contribuir efetivamente com a proposta pedagógica da sua Escola e favorecer uma aprendizagem multidisciplinar e significativa para os seus alunos.

d) Maturidade para utilizar adequadamente ou perceber o significado da precisão dedutiva num processo de demonstração, assim como para empregar procedimentos indutivos ou analógicos na criação de matemática, entendida como uma atividade de resolução de problemas, tanto na sua relação pessoal com a ciência matemática, quanto na dinâmica de ensino-aprendizagem.

e) Compreensão as características peculiares a cada um dos raciocínios típicos da matemática: o raciocínio lógico-algébrico, o combinatório e o geométrico.

f) Domínio da forma lógica, característica do pensamento matemático, e conhecimentos dos pressupostos da Psicologia Cognitiva de modo a compreender as potencialidades de raciocínio em cada faixa etária. Em outras palavras, capacidade de, por um lado, favorecer o desenvolvimento de raciocínio de seus alunos e, por outro lado, não extrapolar as exigências de rigor a ponto de gerar insegurança nos seus alunos em relação à matemática.

g) Familiaridade e reflexão sobre metodologias e materiais de apoio ao ensino diversificado de modo a poder decidir, diante de cada conteúdo específico e cada classe particular de alunos, qual o melhor procedimento pedagógico para favorecer a aprendizagem significativa de matemática, estando preparado para avaliar os resultados de suas ações por diferentes caminhos e de forma continuada.

h) Capacidade de observar cada aluno, procurando rotas alternativas de ação para levar seus alunos a se desenvolverem plenamente, com base nos resultados de suas avaliações, sendo assim motivador e visando o desenvolvimento da autonomia no seu aluno.

i) Engajamento num processo de contínuo aprimoramento profissional, procurando sempre atualizar seus conhecimentos com abertura para a incorporação do uso de novas tecnologias e para adaptar o seu trabalho às novas demandas sócio-culturais e dos seus alunos.

Competências e habilidades

Para formar profissionais com o perfil desejado, o curso de Licenciatura em Matemática deve ter como objetivo desenvolver nos seus alunos as seguintes habilidades ou competências:

a) Pensamento heurístico competente: capacidade de encaminhar solução de problemas e explorar situações, fazer relações, conjecturar, argumentar e avaliar. Capacidade de formular problemas.
b) Domínio dos raciocínios algébrico, geométrico e combinatório de modo a poder argumentar com clareza a objetividade dentro destes contextos congnitivos. Ou seja, os alunos devem desenvolver capacidade dedutiva com sistemas axiomáticos, percepção geométrico-espacial, capacidade de empregar ensaio e erro como procedimento de busca de soluções e segurança na abordagem de problemas de contagem.
c) Capacidade de contextualizar e inter-relacionar conceitos e propriedades matemáticas, bem como de utilizá-los em outras áreas do conhecimento e em aplicações variadas. Em especial, poder interpretar matematicamente situações ou fenômenos que emergem de outras áreas do conhecimento ou de situações reais.
d) Visão histórica e crítica da Matemática, tanto no seu estado atual como nas várias fases da sua evolução que lhe permita tomar decisões sobre a importância relativa dos vários tópicos tanto no interior da ciência matemática como para a aprendizagem significativa do estudante da escola fundamental e média.
e) Domínio dos conteúdos básicos de estatística, informática e física, constantes no rol de conteúdos currículares mínimos. É importante ressaltar que estes foram pensados de modo a garantir, não só os objeitvos já relacionados, como também propiciar o necessário distanciamento e visão abrangente de conteúdos além daqueles que deverão ser ministrados na escola fundamental e média.
f) Capacidade de utilização em sala de aula de novas tecnologias como vídeo, áudio, computador, internet, entre outros.
g) Capacidade de compreender, criticar e utilizar novas ideias e tecnologias.
h) Capacidade de desenvolver projetos, avaliar livros textos, softwares educacionais e outros materiais didáticos. Capacidade de organizar cursos, planejar ações de ensino e aprendizagem de matemática.
i) Conhecimento dos processos de construção do conhecimento matemático próprios da criança e do adolescente.
j) Conhecimento das propostas ou parâmetros currículares, bem como das diversas visões pedagógicas vigentes. Poder formular sua própria concepção diante das correntes existentes.
k) Capacidade de aprendizagem continuada, sendo sua prática também fonte de produção de conhecimento.
l) Realização de estudos de pós-graduação.

Organização Curricular

O currículo deste curso procura desenvolver-se em 5 eixos relacionado/articulados, explicitados como:
  • Atividades Científicas Acadêmicas (ACA): São aquelas destinadas à formação do profissional nas áreas da matemática e das áreas afins, bem como as da educação e correspondem tanto às disciplinas básicas, quanto às profissionais;
  • Estágio Curricular Supervisionado (ECS): É entendido como o tempo de aprendizagem da prática da docência. Ele deve se constituir no pólo articulador das relações entre os elementos teóricos (conteúdos disciplinares/conhecimentos) desenvolvidos durante o Curso e às análises e ações desenvolvidas junto às escolas;
  • Prática como Componente Curricular (PCC): tem como objetivo proporcionar a integração entre as atividades de ACA e ECS, concorrendo conjuntamente para a formação da identidade do professor como educador. Esta correlação teoria e prática é um movimento contínuo entre saber e fazer na busca por significar e re-significar a gestão, a administração e a resolução de situações próprias do ambiente da educação escolar;
  • Atividades Complementares (AC): Têm o objetivo de proporcionarem, aos alunos, uma participação mais ampla em atividades de ensino, de extensão e de pesquisa, desenvolvendo, dessa maneira, um profissional responsável e competente, fazendo com que o professor em formação participe da melhoria da qualidade de ensino de sua região;
  • Disciplinas Optativas (DO): Têm por objetivo permitir ao educando a liberdade para escolher os conteúdos que deseja aprender ou aprofundar, mas que visem a sua formação como professor de matemática, pesquisador da área de matemática ou áreas afins, ou educação matemática.
O Curso de Licenciatura em Matemática Noturno se desenvolverá com uma carga horária mínima de 3538 horas/aulas, sendo 2958 horas/aula em disciplinas obrigatórias, 340 horas/aulas em disciplinas optativas e 240 horas/aula (200 horas relógio) em atividades complementares.   

Procedimentos e metodologias de ensino

O curso está estruturado de modo a permitir o desenvolvimento de atividades importantes para a formação de professores de matemática tendo como base os princípios delineados:
- Os alunos serão requisitados para o uso freqüente da biblioteca e o desenvolvimento de pesquisas.
- Os alunos serão requisitados a fazerem leituras e a produzirem textos.
- Os alunos serão requisitados a participarem da vida das escolas.
- Os alunos serão incentivados ao uso do computador e, principalmente, de softwares de ensino de matemática.
- Em laboratório, os alunos serão requisitados a realizarem experiências individualmente ou em pequenos grupos, o que lhes permitirá obter o domínio de material didático-pedagógico e de métodos de ensino de matemática.
- Em todas as disciplinas, os professores devem ter claros os objetivos do curso e o perfil dos alunos e conseqüentemente devem dar o enfoque adequado aos assuntos ensinados, possibilitando que cada disciplina do curso seja uma peça importante na formação do licenciado em matemática. 

A execução do Curso será na modalidade presencial. As disciplinas serão oferecidas no período noturno. Excepcionalmente poderão ser oferecidas disciplinas no período diurno, desde que os alunos que pretendem cursar a disciplina concordem ou a solicitem.

As disciplinas que compõe o Estágio Obrigatório deverão ser ministradas por no mínimo dois professores, de forma compartilhada e cooperativa entre professores do Departamento de Matemática e Estatística e o Departamento de Ensino. Além disso, as disciplinas: Trabalho de Campo I (ministrada em semestres ímpares) e Estágio de Matemática I (ministrada em semestres pares) terão horários idênticos para facilitar sua execução já que a segunda depende de projeto elaborado na primeira, que, dentro do possível, deverá ser executado na mesma escola onde foi realizada a disciplina de Trabalho de Campo I. O mesmo procedimento será realizado para as disciplinas Trabalho de Campo II (ministradas em semestres ímpares) e Estágio de Matemática II (ministradas em semestres pares). Também, na medida do possível, as disciplinas que compõem o grupo de Estágios Obrigatórios deverão ser ofertadas em turno diferente do turno em que as outras disciplinas do mesmo semestre serão ofertadas.

Os alunos deverão ser orientados na escolhas das Disciplinas Optativas e na realização das Atividades Complementares de modo que possam ampliar seus conhecimentos, visando desenvolver estudos mais avançados em cursos de Pós-graduação na área de Educação ou estudos mais avançados, em Matemática, visando uma pós-graduação em Matemática Pura ou Aplicada.  O aluno pode incluir na sua formação um percurso curricular que lhe possibilite trabalhar também em outras áreas relacionadas ao ensino de matemática. Dentre essas áreas, podem-se citar, como exemplo, a área editorial voltada a livros didáticos ou a área de produção de softwares educacionais. O aluno pode, também, trabalhar em outros campos que envolvam a Matemática, como na área de Matemática Financeira. 

A prática de ensino perpassará o currículo com disciplinas obrigatórias, disciplinas optativas, atividades complementares e de pesquisa e extensão, que permitirão a formação de um profissional comprometido com a melhoria do ensino.

Os projetos de extensão envolverão alunos em ações que beneficiarão a sociedade em que estão inseridos. Os alunos poderão propor projetos de extensão, participando assim da discussão, elaboração e avaliação dos mesmos.

A partir dos projetos de extensão e do trabalho no Curso, os alunos terão oportunidade de participar de projetos de pesquisa sobre o processo de ensinar e aprender matemática, sobre o uso de tecnologias no ensino de matemática e também em projetos de pesquisa que visam um maior aprofundamento de conteúdos matemáticos ou de áreas afins.

As atividades de prática de ensino, projetos de pesquisa, ensino e extensão poderão ser atividades do Curso de Licenciatura em Matemática (professores e alunos) para oferecer oportunidades de formação continuada aos professores das escolas de Ensino Médio e Fundamental.

Os alunos devem ser motivados a utilizar as Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC). Também deverão ser incentivados a aplicar e avaliar as diversas tecnologias e a criar metodologias de ensino-aprendizagem de matemática usando estas tecnologias. Pretende-se oferecer cursos, através de projetos de ensino e de extensão, aos alunos interessados em aumentar seu conhecimento no domínio das tecnologias existentes.

Para tentar sanar as deficiências de conteúdos de matemática do Ensino Básico dos alunos ingressantes, pretende-se oferecer cursos através de projetos de ensino/extensão. Estes também terão a finalidade de retomada dos fundamentos da Matemática que alicerçam e/ou emergem no ensino nos Níveis Básicos de Ensino, em abordagens adequadas ao ensino superior, mas que explorem, discutam e mesmo redefinam sua inserção na formação matemática de crianças, adolescentes, jovens e adultos, alunos do Ensino Fundamental, Médio ou Profissional.
 

Avaliação do ensino e da aprendizagem

Para cumprir com os propósitos de uma avaliação ampla, abrangente e, ao mesmo tempo objetiva, embora complexa, entende-se que o curso deve optar por instrumentos que subsidiem uma avaliação a partir dos seguintes princípios norteadores:

Permanente: a avaliação não pode se transformar em instrumento de preocupação para o aluno, levando-o, muitas vezes, a diminuir seu rendimento devido a fatores psicológicos. Quando a avaliação é permanente, em vez de criar um constante medo, o ambiente escolar passa a ser todo valorizado. Desta forma, não há supervalorização de conteúdos ou momentos, nem ações ou palavras valem mais que outras. O aluno passa a ter mais oportunidade de mostrar seu potencial e habilidades em diferentes momentos. Nessa perspectiva, todo o trabalho realizado ao longo do processo de aprendizagem é igualmente importante.

Continuada: a avaliação deve ser capaz de verificar o desenvolvimento do processo de aprendizagem. Como tal, também só pode acontecer em forma de processo. Assim, não pode haver lacunas avaliativas, e toda a ação e manifestação do aprendiz deve fazer parte dos critérios a subsidiar uma avaliação continuada. Deverá haver um acompanhamento ao processo de estudo realizado pelo aluno, que deverá permitir aos orientadores acadêmicos e professores analisarem como cada um deles consegue acompanhar as abordagens propostas no material didático; como desenvolve as atividades propostas; como busca ampliar seus conhecimentos através das leituras propostas; se busca apoio e interlocução com seus orientadores e professores; que dificuldades ele está encontrando em seus estudos, pesquisas e em outras tarefas; como está estabelecendo relações entre o conhecimento trabalhado e sua prática como professor; enfim, como realiza seu processo de aprendizagem como um todo.

Abrangente: o professor deve levar em conta os mais diversos aspectos que compõem a formação do professor e explicitá-los em seus instrumentos de avaliação. Não pode pontuar, em nenhuma hipótese, aspectos que o aluno não saiba de antemão que estarão sendo levados em conta em seu desempenho acadêmico. A avaliação abrangente pode ser complexa, porém não pode ser somente subjetiva, pois deste aspecto à arbitrariedade o caminho é curto.

Dinâmica: o aluno não pode ser visto fora de seu contexto de vida, seja ele social, particular, escolar ou intelectual. Uma avaliação dinâmica evita que se reduza à momentos específicos, muitas vezes isolados assepticamente, a análise do domínio que o aluno tem dos conhecimentos e habilidades trabalhadas ao longo de períodos escolares.

Pedagógica: o mais importante de todo o processo avaliativo assumido é sair de mero dever burocrático e servir de instrumento de apoio para o próprio estudante para melhorar seu desempenho. Desta forma, os resultados devem retornar sempre ao aluno, não se reduzindo meramente a notas ou conceitos, mas especialmente em forma de pareceres e sugestões para que possa melhorar seu desempenho.

Critérios:

Para obter aprovação nas disciplinas nas quais o aluno está matriculado, a nota final é obtida a partir da média de no mínimo duas avaliações, de acordo com as normas gerais da universidade, sendo considerado aprovado o aluno que obtiver média igual ou superior a sete e frequência mínima de 75%.
Sugere-se que sejam realizadas recuperações parciais de conteúdo e de nota para os alunos com graus parciais inferiores a sete.
Médias finais inferiores a sete e superiores a três permitem a realização de exame. A nota do exame é somada à média das notas anteriores e o resultado dividido por dois. Serão aprovados os alunos que obtiverem essa média final maior ou igual a cinco.

Integração com a Pesquisa e a Pós-Graduação

O curso está vinculado ao Instituto de Física e Matemática desta universidade, o qual dispõe de três pós gradudações a nível de mestrado:
  • Pós-Graduação em Educação Matemática;
  • Pós-Graduação em Física;
  • Pós-Graduação em Modelagem Matemática,
uma pós-graduação a nível de especialização:
  • Pós-Graduação em Estudos Matemáticos
e uma pós-graduação a nível de doutorado:
  • Doutorado em Física.
Os discentes são constantemento incentivados a participarem de projetos de iniciação científica tendo como orientadores os docentes atuantes no curso. Muitos de nossos alunos ao se formarem ingressam tanto nos cursos citados acima, como também em pós-graduações de outras universidades, por exemplo, UFRGS e UFSM. 
 

Acompanhamento de Egressos

Matriz Curricular

1º Semestre
CódigoDisciplina / Pré-requisitosCaráterCr.Horas
0100386GEOMETRIA PLANAObrigatória468
0100227INTRODUÇÃO À LÓGICAObrigatória468
1050002LABORATÓRIO DE ENSINO DE MATEMÁTICA IObrigatória468
0100383PRÉ-CÁLCULOObrigatória6102
2º Semestre
CódigoDisciplina / Pré-requisitosCaráterCr.Horas
0100387CÁLCULO I0100383 - PRÉ-CÁLCULOObrigatória6102
0350233EDUCAÇÃO BRASILEIRA:ORGANIZ. E POLÍT.PÚBLICASObrigatória468
0100100GEOMETRIA ANALÍTICAObrigatória468
0100175GEOMETRIA ESPACIALObrigatória468
3º Semestre
CódigoDisciplina / Pré-requisitosCaráterCr.Horas
0100170ÁLGEBRA LINEAR I0100100 - GEOMETRIA ANALÍTICAObrigatória468
0100388CÁLCULO II0100387 - CÁLCULO IObrigatória6102
0360245FUNDAMENTOS PSICOLÓGICOS DA EDUCAÇÃOObrigatória468
1050048LABORATÓRIO DE ENSINO DE MATEMÁTICA II1050002 - LABORATÓRIO DE ENSINO DE MATEMÁTICA IObrigatória468
4º Semestre
CódigoDisciplina / Pré-requisitosCaráterCr.Horas
0100251ARITMÉTICA0100227 - INTRODUÇÃO À LÓGICAObrigatória6102
0100389CÁLCULO III0100170 - ÁLGEBRA LINEAR I0100388 - CÁLCULO IIObrigatória6102
0090113FÍSICA BÁSICA IObrigatória468
0360246FUND. SÓCIO-HISTÓRICO-FILOSÓFICOS EDUCAÇÃOObrigatória468
5º Semestre
CódigoDisciplina / Pré-requisitosCaráterCr.Horas
1050049INSTRUMENTAÇÃO PARA O ENSINO DE MATEMÁTICA IObrigatória468
0100232INTRODUÇÃO À ÁLGEBRA0100251 - ARITMÉTICAObrigatória6102
0100233MATEMÁTICA DISCRETA AObrigatória468
0350234TEORIA E PRÁTICA PEDAGÓGICAObrigatória468
6º Semestre
CódigoDisciplina / Pré-requisitosCaráterCr.Horas
0100257EQUAÇÕES DIFERENCIAIS ORDINÁRIAS0100389 - CÁLCULO IIIObrigatória468
1050050LABORATÓRIO DE ENSINO DE MATEMÁTICA III1050002 - LABORATÓRIO DE ENSINO DE MATEMÁTICA IObrigatória468
0100255PROGRAMAÇÃO EM SOFTWARE DE MATEMÁTICAObrigatória468
7º Semestre
CódigoDisciplina / Pré-requisitosCaráterCr.Horas
0100259ÁLGEBRA PARA LICENCIATURA0100232 - INTRODUÇÃO À ÁLGEBRAObrigatória6102
0100260CÁLCULO NUMÉRICO0100389 - CÁLCULO III0100255 - PROGRAMAÇÃO EM SOFTWARE DE MATEMÁTICAObrigatória468
0090114FÍSICA BÁSICA II0100388 - CÁLCULO II0090113 - FÍSICA BÁSICA IObrigatória468
1050005TRABALHO DE CAMPO I1050049 - INSTRUMENTAÇÃO PARA O ENSINO DE MATEMÁTICA I1050048 - LABORATÓRIO DE ENSINO DE MATEMÁTICA IIObrigatória585
8º Semestre
CódigoDisciplina / Pré-requisitosCaráterCr.Horas
1050047ESTÁGIO DE MATEMÁTICA I0350234 - TEORIA E PRÁTICA PEDAGÓGICA1050005 - TRABALHO DE CAMPO IObrigatória8136
0090115FÍSICA BÁSICA III0090114 - FÍSICA BÁSICA IIObrigatória468
1050051HISTÓRIA DA MATEMÁTICA0100251 - ARITMÉTICAObrigatória468
1310277LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS I ( LIBRAS I )Obrigatória468
9º Semestre
CódigoDisciplina / Pré-requisitosCaráterCr.Horas
0100166ANÁLISE REAL I0100389 - CÁLCULO IIIObrigatória6102
1050053INSTRUMENTAÇÃO PARA O ENSINO DE MATEMÁTICA II1050049 - INSTRUMENTAÇÃO PARA O ENSINO DE MATEMÁTICA IObrigatória468
1050046TECNOLOGIAS AVANÇADAS NO ENSINO DE MATEMÁTICA0100255 - PROGRAMAÇÃO EM SOFTWARE DE MATEMÁTICAObrigatória468
1050008TRABALHO DE CAMPO II1050050 - LABORATÓRIO DE ENSINO DE MATEMÁTICA IIIObrigatória585
10º Semestre
CódigoDisciplina / Pré-requisitosCaráterCr.Horas
1050052ESTÁGIO DE MATEMÁTICA II0350234 - TEORIA E PRÁTICA PEDAGÓGICA1050008 - TRABALHO DE CAMPO IIObrigatória8136
1050012INICIAÇÃO À PESQUISA NO ENSINO DE MATEMÁTICAObrigatória468
OPTATIVAS
CódigoDisciplina / Pré-requisitosCaráterCr.Horas
0100171ÁLGEBRA LINEAR II0100170 - ÁLGEBRA LINEAR IOptativa468
1110180ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃOOptativa468
0100167ANÁLISE REAL II0100166 - ANÁLISE REAL IOptativa468
1110024COMPUTAÇÃO GRÁFICA0100170 - ÁLGEBRA LINEAR I0100255 - PROGRAMAÇÃO EM SOFTWARE DE MATEMÁTICAOptativa468
0100272CONJUNTOS DIFUSOS0100227 - INTRODUÇÃO À LÓGICAOptativa468
1050018EDUCAÇÃO MATEMÁTICA NO BRASILOptativa468
0090116FÍSICA BÁSICA IV0090115 - FÍSICA BÁSICA IIIOptativa468
1110187FUNDAMENTOS DE INTELIGÊNCIA ARTIFICIALOptativa468
0100172GEOMETRIA DIFERENCIAL I0100170 - ÁLGEBRA LINEAR I0100257 - EQUAÇÕES DIFERENCIAIS ORDINÁRIASOptativa468
0100185GEOMETRIA EUCLIDIANA0100227 - INTRODUÇÃO À LÓGICAOptativa468
1050054INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO0100233 - MATEMÁTICA DISCRETA AOptativa468
1110198INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL AVANÇADAOptativa468
0100275INTRODUÇÃO A PROBABILIDADE E A ESTATÍSTICA0100388 - CÁLCULO II0100233 - MATEMÁTICA DISCRETA AOptativa468
1050055LABORATÓRIO DE ENSINO DE MATEMÁTICA IVOptativa468
1320185LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTOS Optativa468
1310371LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS II ( LIBRAS II )1310277 - LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS I ( LIBRAS I )Optativa468
1310403LÍNGUA ESTRANGEIRA INSTRUMENTAL - INGLÊSOptativa468
0100156MATEMÁTICA COMERCIAL E FINANCEIRAOptativa468
0360247PENSANDO A EDUCAÇÃO BRASILEIRAOptativa468
0350232PROFISSÃO DOCENTEOptativa468
1110182PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES1110180 - ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃOOptativa468
0100122PROGRAMAÇÃO MATEMÁTICA I0100170 - ÁLGEBRA LINEAR IOptativa468
0100179SEQÜÊNCIAS E SÉRIES0100389 - CÁLCULO IIIOptativa468
0100168TOPOLOGIA I0100166 - ANÁLISE REAL IOptativa468
0100159TRIGONOMETRIAOptativa468
0100085VARIÁVEIS COMPLEXAS0100389 - CÁLCULO IIIOptativa468
99
CódigoDisciplina / Pré-requisitosCaráterCr.Horas
0890004ATIVIDADES COMPLEMENTARESObrigatória200

Turmas ofertadas em 2018 / 1

1º Semestre
Disciplina / Professores / HoráriosTurmaVagasMatric.
0100386 - GEOMETRIA PLANAProfessor responsável pela turma: KARINE DUTRA VIANA
SEG (20:30-21:20) SEG (21:20-22:10) QUI (18:50-19:40) QUI (19:40-20:30)
NOITE
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
18:50X
19:40X
20:30X
21:20X
22:10
M26056
0100227 - INTRODUÇÃO À LÓGICAProfessor responsável pela turma: LUCIANA CHIMENDES CABRERA
SEG (10:00-10:50) SEG (10:50-11:40) QUA (08:00-08:50) QUA (08:50-09:40)
MANHÃ
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
08:00X
08:50X
10:00X
10:50X
11:40
M1553
0100227 - INTRODUÇÃO À LÓGICAProfessor responsável pela turma: PATRICIA DA CONCEICAO FANTINEL
QUA (18:50-19:40) QUA (19:40-20:30) SEX (20:30-21:20) SEX (21:20-22:10)
NOITE
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
18:50X
19:40X
20:30X
21:20X
22:10
M26047
1050002 - LABORATÓRIO DE ENSINO DE MATEMÁTICA IProfessor Regente: THAIS PHILIPSEN GRUTZMANN
SEG (14:00-14:50) SEG (14:50-15:40) SEG (16:00-16:50) SEG (16:50-17:40)
TARDE
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
14:00X
14:50X
16:00X
16:50X
17:40
18:30
P1223
1050002 - LABORATÓRIO DE ENSINO DE MATEMÁTICA IProfessor Regente: ANTONIO MAURICIO MEDEIROS ALVES
QUI (14:00-14:50) QUI (14:50-15:40) QUI (16:00-16:50) QUI (16:50-17:40)
TARDE
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
14:00X
14:50X
16:00X
16:50X
17:40
18:30
P2323
1050002 - LABORATÓRIO DE ENSINO DE MATEMÁTICA IProfessor Regente: THAIS PHILIPSEN GRUTZMANN
TER (18:50-19:40) TER (19:40-20:30) TER (20:30-21:20) TER (21:20-22:10)
NOITE
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
18:50X
19:40X
20:30X
21:20X
22:10
P32525
1050002 - LABORATÓRIO DE ENSINO DE MATEMÁTICA IProfessor Regente: RITA DE CASSIA DE SOUZA SOARES RAMOS
TER (18:50-19:40) TER (19:40-20:30) TER (20:30-21:20) TER (21:20-22:10)
NOITE
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
18:50X
19:40X
20:30X
21:20X
22:10
P42520
1050002 - LABORATÓRIO DE ENSINO DE MATEMÁTICA I
TER (18:50-19:40) TER (19:40-20:30) TER (20:30-21:20) TER (21:20-22:10)
NOITE
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
18:50X
19:40X
20:30X
21:20X
22:10
P5150
0100383 - PRÉ-CÁLCULOProfessor responsável pela turma: CARLOS ANTONIO PEREIRA CAMPANI
SEG (18:50-19:40) SEG (19:40-20:30) QUA (20:30-21:20) QUA (21:20-22:10) SEX (18:50-19:40) SEX (19:40-20:30)
NOITE
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
18:50XX
19:40XX
20:30X
21:20X
22:10
M26047
2º Semestre
Disciplina / Professores / HoráriosTurmaVagasMatric.
0100387 - CÁLCULO IProfessor responsável pela turma: PATRICIA DA CONCEICAO FANTINEL
SEG (18:50-19:40) SEG (19:40-20:30) QUA (20:30-21:20) QUA (21:20-22:10) SEX (18:50-19:40) SEX (19:40-20:30)
NOITE
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
18:50XX
19:40XX
20:30X
21:20X
22:10
M23026
0100100 - GEOMETRIA ANALÍTICAProfessor responsável pela turma: LISANDRA DE OLIVEIRA SAUER
TER (08:00-08:50) TER (08:50-09:40) QUI (08:00-08:50) QUI (08:50-09:40)
MANHÃ
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
08:00XX
08:50XX
10:00
10:50
11:40
M11064
3º Semestre
Disciplina / Professores / HoráriosTurmaVagasMatric.
0100170 - ÁLGEBRA LINEAR IProfessor responsável pela turma: GIOVANNI DA SILVA NUNES
SEG (14:00-14:50) SEG (14:50-15:40) QUA (14:00-14:50) QUA (14:50-15:40)
TARDE
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
14:00XX
14:50XX
16:00
16:50
17:40
18:30
M1514
0100170 - ÁLGEBRA LINEAR IProfessor responsável pela turma: NEIDE PIZZOLATO ANGELO
QUA (18:50-19:40) QUA (19:40-20:30) SEX (20:30-21:20) SEX (21:20-22:10)
NOITE
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
18:50X
19:40X
20:30X
21:20X
22:10
M23014
0100388 - CÁLCULO IIProfessor responsável pela turma: ANDREI BOURCHTEIN
SEG (18:50-19:40) SEG (19:40-20:30) QUA (20:30-21:20) QUA (21:20-22:10) SEX (18:50-19:40) SEX (19:40-20:30)
NOITE
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
18:50XX
19:40XX
20:30X
21:20X
22:10
M13010
1050048 - LABORATÓRIO DE ENSINO DE MATEMÁTICA IIProfessor Regente: RITA DE CASSIA DE SOUZA SOARES RAMOS
QUI (18:50-19:40) QUI (19:40-20:30) QUI (20:30-21:20) QUI (21:20-22:10)
NOITE
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
18:50X
19:40X
20:30X
21:20X
22:10
P22623
4º Semestre
Disciplina / Professores / HoráriosTurmaVagasMatric.
0100251 - ARITMÉTICAProfessor responsável pela turma: CICERO NACHTIGALL
SEG (10:00-10:50) SEG (10:50-11:40) QUA (08:00-08:50) QUA (08:50-09:40) QUI (16:00-16:50) QUI (16:50-17:40)
MANHÃ
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
08:00X
08:50X
10:00X
10:50X
11:40
TARDE
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
14:00
14:50
16:00X
16:50X
17:40
18:30
M1629
0100389 - CÁLCULO IIIProfessor responsável pela turma: NEIDE PIZZOLATO ANGELO
SEG (18:50-19:40) SEG (19:40-20:30) QUA (20:30-21:20) QUA (21:20-22:10) SEX (18:50-19:40) SEX (19:40-20:30)
NOITE
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
18:50XX
19:40XX
20:30X
21:20X
22:10
M12015
5º Semestre
Disciplina / Professores / HoráriosTurmaVagasMatric.
1050049 - INSTRUMENTAÇÃO PARA O ENSINO DE MATEMÁTICA I
QUI (18:50-19:40) QUI (19:40-20:30) QUI (20:30-21:20) QUI (21:20-22:10)
NOITE
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
18:50X
19:40X
20:30X
21:20X
22:10
P13029
0100232 - INTRODUÇÃO À ÁLGEBRAProfessor responsável pela turma: SERGIO LUIZ CARDOSO DE OLIVEIRA
SEG (20:30-21:20) SEG (21:20-22:10) QUA (18:50-19:40) QUA (19:40-20:30) SEX (18:50-19:40) SEX (19:40-20:30)
NOITE
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
18:50XX
19:40XX
20:30X
21:20X
22:10
M1205
0100232 - INTRODUÇÃO À ÁLGEBRAProfessor responsável pela turma: MAURICIO ZAHN
SEG (10:00-10:50) SEG (10:50-11:40) QUA (08:00-08:50) QUA (08:50-09:40) SEX (10:00-10:50) SEX (10:50-11:40)
MANHÃ
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
08:00X
08:50X
10:00XX
10:50XX
11:40
M268
0100233 - MATEMÁTICA DISCRETA AProfessor responsável pela turma: ANDREA MORGADO
SEX (14:00-14:50) SEX (14:50-15:40) SEX (16:00-16:50) SEX (16:50-17:40)
TARDE
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
14:00X
14:50X
16:00X
16:50X
17:40
18:30
M11033
0100233 - MATEMÁTICA DISCRETA AProfessor responsável pela turma: ANDREA MORGADO
SEG (18:50-19:40) SEG (19:40-20:30) QUA (20:30-21:20) QUA (21:20-22:10)
NOITE
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
18:50X
19:40X
20:30X
21:20X
22:10
M24022
7º Semestre
Disciplina / Professores / HoráriosTurmaVagasMatric.
0100259 - ÁLGEBRA PARA LICENCIATURAProfessor responsável pela turma: SERGIO LUIZ CARDOSO DE OLIVEIRA
SEG (08:00-08:50) SEG (08:50-09:40) QUA (08:00-08:50) QUA (08:50-09:40) SEX (08:00-08:50) SEX (08:50-09:40)
MANHÃ
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
08:00XXX
08:50XXX
10:00
10:50
11:40
M1202
0090114 - FÍSICA BÁSICA IIProfessor responsável pela turma: MARCELO PEREIRA MACHADO
TER (20:30-21:20) TER (21:20-22:10) QUI (18:50-19:40) QUI (19:40-20:30)
NOITE
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
18:50X
19:40X
20:30X
21:20X
22:10
T82045
1050005 - TRABALHO DE CAMPO IProfessor Regente: ROZANE DA SILVEIRA ALVES
SEG (14:00-14:50) SEG (14:50-15:40) SEG (16:00-16:50) SEG (16:50-17:40) SEG (17:40-18:30)
TARDE
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
14:00X
14:50X
16:00X
16:50X
17:40X
18:30
P1312
1050005 - TRABALHO DE CAMPO IProfessor Regente: ROZANE DA SILVEIRA ALVES
SEX (18:50-19:40) SEX (19:40-20:30) SEX (20:30-21:20) SEX (21:20-22:10) SEX (22:10-23:00)
NOITE
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
18:50X
19:40X
20:30X
21:20X
22:10X
P21111
9º Semestre
Disciplina / Professores / HoráriosTurmaVagasMatric.
0100166 - ANÁLISE REAL IProfessor responsável pela turma: MAURICIO ZAHN
SEG (08:00-08:50) SEG (08:50-09:40) QUA (10:00-10:50) QUA (10:50-11:40) SEX (08:00-08:50) SEX (08:50-09:40)
MANHÃ
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
08:00XX
08:50XX
10:00X
10:50X
11:40
M258
1050053 - INSTRUMENTAÇÃO PARA O ENSINO DE MATEMÁTICA IIProfessor Regente: ANDRE LUIS ANDREJEW FERREIRA
SEG (18:50-19:40) SEG (19:40-20:30) QUA (20:30-21:20) QUA (21:20-22:10)
NOITE
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
18:50X
19:40X
20:30X
21:20X
22:10
P12517
1050046 - TECNOLOGIAS AVANÇADAS NO ENSINO DE MATEMÁTICAProfessor Regente: ANDRE LUIS ANDREJEW FERREIRA
TER (18:50-19:40) TER (19:40-20:30) TER (20:30-21:20) TER (21:20-22:10)
NOITE
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
18:50X
19:40X
20:30X
21:20X
22:10
P22015
1050008 - TRABALHO DE CAMPO IIProfessor Regente: SILVIA PRIETSCH WENDT
QUA (14:00-14:50) QUA (14:50-15:40) QUA (16:00-16:50) QUA (16:50-17:40) QUA (17:40-18:30)
TARDE
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
14:00X
14:50X
16:00X
16:50X
17:40X
18:30
P159
1050008 - TRABALHO DE CAMPO IIProfessor Regente: SILVIA PRIETSCH WENDT
QUI (18:50-19:40) QUI (19:40-20:30) QUI (20:30-21:20) QUI (21:20-22:10) QUI (22:10-23:00)
NOITE
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
18:50X
19:40X
20:30X
21:20X
22:10X
P2108
88
Disciplina / Professores / HoráriosTurmaVagasMatric.
1050055 - LABORATÓRIO DE ENSINO DE MATEMÁTICA IV
SEX (18:50-19:40) SEX (19:40-20:30) SEX (20:30-21:20) SEX (21:20-22:10)
NOITE
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
18:50X
19:40X
20:30X
21:20X
22:10
P11714
0100156 - MATEMÁTICA COMERCIAL E FINANCEIRAProfessor responsável pela turma: JOSEANE DA SILVA PORTO
TER (14:00-14:50) TER (14:50-15:40) TER (16:00-16:50) TER (16:50-17:40)
TARDE
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
14:00X
14:50X
16:00X
16:50X
17:40
18:30
M11015
0100085 - VARIÁVEIS COMPLEXASProfessor responsável pela turma: LESLIE DARIEN PEREZ FERNANDEZ
QUI (14:00-14:50) QUI (14:50-15:40) QUI (16:00-16:50) QUI (16:50-17:40)
TARDE
HORASEGTERQUAQUISEXSAB
14:00X
14:50X
16:00X
16:50X
17:40
18:30
M159

Alunos Matriculados

Nome Ano de ingresso Semestre de ingresso
ADILSON BARBOSA CARDOZO20181
ANA CAROLINA MADEIRA HISE20181
ANDERSON COSTA MORAES20181
AUREA DILENE DA SILVA20181
Bruna Klug Vieira20181
BRUNO DUARTE AGUIAR20181
CANDIDA CRIZEL RODRIGUES20181
Carla Rosane Rickes Kommling20181
CARLOS MOSCARELLI LEVIEN20181
Clarissa Felix Tavares20181
CLOVIS EUGENIO DUARTE VIEIRA20181
DAIMON DE OLIVEIRA MARTINS20181
DIONATA BERGMANN PODEWILS20181
DOUGLAS MENDES TRINDADE20181
GABRIEL DOS SANTOS SILVA20181
Guilherme Rego Rockembach20181
GUSTAVO OLIVEIRA TORT20181
IGOR JUNCAL BOTELHO20181
JEFERSON GONSALVES DE QUADROS20181
JESSICA PETER REICHOW20181
JESUS FRANCISCO VIEIRA FERNANDES20181
JOHN VICTOR DA COSTA KLUG20181
JONER JUNIOR ANGELI20181
JORGE ANDRE SOUZA PEDROSO JUNIOR20181
JULIANA CARVALHO BITTENCOURT20181
JULIANA DA SILVA MACEDO20181
LAILA VALERIO CONSTANTINO20181
LUANA CRIZEL LEAL20181
LUCAS FERREIRA DA SILVA20181
LUCAS TADEO20181
LUIS CARLOS LEAL DE LIMA JUNIOR20181
MARCO ANTONIO FLORES DE MEDEIROS20181
MILENE DE CASTRO GARCIA20181
MIRELA COSTA DA SILVA20181
Nair Elaine Martins dos Santos20181
NATHALIA SILVEIRA DE MENEZES20181
OTAVIO LUIZ DIAS TAVARES20181
PEDRO VICTOR MADEIRA RODRIGUES20181
POLIANA DA SILVA DOS SANTOS20181
PRISCILA DA SILVEIRA MOREIRA20181
RAFAEL GONCALVES CAPUA20181
ROBSON RODUIT DIAS20181
RODRIGO MARQUES QUEIROGA20181
Rosane Insaurriaga Evangelista20181
SANDRO DE LIMA FEIJO20181
SHAIANE DE FREITAS FERREIRA20181
TAISSON LOPES GOMES20181
TAMIRES LACERDA MACHADO20181
THALITA FAGUNDES LEAL20181
THIAGO GARCIA MARTINS20181
VANISE COSTA DUARTE20181
VINICIUS LEMKE AMARAL20181
WAGNER DOS SANTOS DA SILVA20181
WILLIAM DE SOUZA GUTERRES20181
AMALIA GISLAINE PRATES HEBERLE20171
AMANDA MIELKE NORNBERG20171
ANDRE FELIPE NAWROSKI20171
Andressa Lixieski Manske20171
BIANCA ABEL LIMA20171
Camila Aparecida Albano20171
CRISTIANE DE OLIVEIRA NOBRE20171
DIEGO MADRUGA OLIVEIRA20171
EDUARDA CORREA ACUNHA20171
Fernando Fernandes Ribeiro20171
FILIPE ALMEIDA PEDRA20171
Gabriel Duro da Silva20171
JOICE BEATRIZ STRELOW DA ROCHA20171
JONATAN EDUARDO MÜNCHOW20171
JORGE LUIZ DE MELLO CAURIO JUNIOR20171
LUCAS CARDOSO PINTO20171
MAIARA DUARTE TAVARES20171
MAICON BOSENBECKER CAMPELO20171
MARCELO DECRECENZO FERREIRA20171
MARCO ANTONIO VALIN JUNIOR20171
Marcos Aurélio da Silva Martins20171
MONICA FALCAO DUARTE20171
OTAVIO GONCALVES HERNANDE20171
PABLO DO ESTREITO CORREA20171
PAMELA PORTO VIEIRA20171
PAULA ANETE LANGONE20171
RAFAEL DA SILVA DOS ANJOS20171
RAFAEL MOURA DE AVILA20171
Raquel Gil de Oliveira20171
ALEXANDRE DE LIMA DE MELO20161
ANGELA BEATRIZ BORCHHARDT BELONI20161
BRUNA SIAS SCHULZ20161
CAMILA DE SOUSA MARTINS20161
CAMILA DEVOS BAUER20161
CAMILA VALADÃO TELECHI20161
CAROLINE PINTO HENKE20161
CASSIA GABRIELA VINHOLES TESSMER20161
CHARLIS SARAIVA ARISTIMUNHA20161
DANIELE PEREIRA FERREIRA20161
ELEN MATOSO SEDREZ20161
GEICIELE RAATZ HARTWIG20161
GERALDO OLIVEIRA DA SILVA20161
JOSE AIRTOM LIMA CARDOSO20161
JULIANA MACHADO PEREIRA20161
KEVIN BISSO KUNDE20161
LUCI MARA FABRES BORGES20161
MARIANE FRANCINE FERREIRA SILVA20161
MARTA ANGELICA SCHIMULFENING COELHO20162
MATHEUS NOGUEIRA LOPES20162
MILENE DUMMER20161
NATHALIA DA SILVA BECKER20161
OBERLI PEREIRA PORTO20161
OTTO ALFREDO TESSMANN20161
PATRICIA MICHIE UMETSUBO20161
PATRICK GARCIA MACHADO20161
PEDRO AUGUSTO VIEIRA DA SILVA20161
Rogério Recart de Recart20162
ROSITA MAILAN BRUNO20161
SANDRA MARA RANGEL DA ROSA20161
SELENA ALVES GARCIA20161
TAINARA PORTO DA SILVA20161
TAMIRES KLUG SCHIMMELPFENNIG20161
VÍTOR DIAS ABELAIRA20161
WENDELL DUARTE DUARTE20161
WILLIAN HOESEL MACHADO20161
ZILNEI GONCALVES CORREA DA SILVA JUNIOR20161
ALINE GOULART DA SILVEIRA20152
ANGELICA COSTA DE MATOS20151
CARLOS THEODORO RIBEIRO SCHMIDT20152
CHRISTIAN DA COSTA CABREIRA20151
CLÁUDIO ADÃO PORTELINHA KASTER20152
EDINEIA ALVES GARCIA20151
EMERSON ERNANDE MESQUITA RODRIGUES20151
FATIMA CAVALHEIRO COSTA20151
FERNANDA POLLNOW STERN20151
JAIME CONTE ZANDONA20151
JORGE AUGUSTO MORAES DE OLIVEIRA20151
Kauã Soares de Carvalho20151
LAURA SCHEUNEMANN NEITZKE20151
MARCIA DE ARAUJO COVALESKY LACERDA20151
PABLO PEREIRA GULARTE20151
RANGEL CUNHA DEMIQUEI20151
RAQUEL GOULART PETER20151
ROGERIO PEIXOTO DE OLIVEIRA20151
ROSEMERI DAS NEVES DOS SANTOS20151
SUELEN MARTINS VASCONCELOS20151
TAILA TUCHTENHAGEN20151
VINICIUS DO COUTO MINUTO20151
VINICIUS TORRES MARQUES20151
WILLIAM LEONARDO PEIXOTO PEREIRA20151
ANDERSON DONAY MARTINS20141
CAROLINA LOURENCO CAMPELO20141
CATIA ROSANE DA SILVA ROCHA20141
ENILSON RODRIGUES NUNES20141
Iago Milbratz Oliveira20141
JAQUELINE MORAES GONCALVES MATTOZO20141
LETIANE LUDWIG MIELKE20141
LUCAS RICKES DOS SANTOS20141
MARCELO FERNANDES SOARES20141
MARIA DO CARMO DA SILVA AGENDES20142
OTAVIO DUARTE CORREA20141
TATIANA DA SILVA PEREIRA20141
VALESKA DOS SANTOS GOUVEA20141
HELEN FONTES JENSEN PRADO20132
BRAIAN HENZEL BARCELOS20131
MÔNICA FLUGEL ALVES20131
PATRÍCIA GUTERRES BORGES20131
SILVIA MARIA BRAHM ARAUJO20131
CHRISTIAN MANETTI GEISLER20122
MARA BOTELHO CHUANTES20122
TAIANE CARRILHO ROSA20122
ANDRÉA BANDEIRA SOUTO20121
FERNANDO SAMPAIO RECUERO20121
JANINE MOSCARELLI RODRIGUES20121
MARCIO RODRIGUES AFFONSO20121
MARILIA FERREIRA PEREIRA20121
MICHEL SOARES ZIEBELL20121
OTTO WEREMCHUK20121
VANIA ESCALANT PEREIRA20121
WILIAN VALÉRIO VELEDA20121
LÚCIA RENATA DOS SANTOS SILVEIRA20112
GERMANO MULLER20111
LETIANE OLIVEIRA DA FONSECA20111
ALINE DUTRA PEREIRA20101
CLEO DOS SANTOS HOLBIG20092

Alunos Egressos

Nome Ano de ingresso Ano de conclusão
ALINE KONRADT DA SILVA20122013
CÂNDILA BEATRIZ PLAMER20082013
JÉSSICA MAFALDO DE CAMPOS20122013
JOANA CADAVAL FERREIRA20082013
MARCELO MARTINS CORRÊA20082013
SAMANTHA PINTO DA SILVA20082013
VANESSA MACHADO SANTOS20082013
WILLIAM SILVEIRA DE MATOS20082013
JONATAS DOS SANTOS VOESE20092014
POTIGUARA PIRES DOS SANTOS20112014
WILLIAM PEDRA BITENCOURT20102014
CHAIANE BARBOSA DA ROSA20092015
CLAUDIA BERENICE BORGES MIRANDA20092015
DAIANE LEAL DA CONCEIÇÃO20112015
DANIELE GALVÃO MATHIAS20112015
ELIANE TABELIÃO FERREIRA20102015
GABRIEL SOUZA GERMANN DA SILVA20112015
GIOVANNA MADRUGA BENITES20112015
GUILHERME DA CRUZ MORAES20112015
LUCÉLIA MOTTA DA SILVA DOS SANTOS20102015
LUÍS TIAGO OSTERBERG20112015
MARIANA DA SILVA BASILIO20112015
RAFAEL BARBOSA DA SILVA20142015
ANDRE DE SOUZA RODEGHIERO20102016
ELEMAR RAPACHI PUHL20162016
GREGORY WILLIAM PERES20102016
JANICE SILVEIRA DE MELLO SOARES20122016
JEFFERSON RODRIGUES DA SILVEIRA20112016
JOSIANE SILVA RITA20122016
JULIANA BORGES PEDROTTI20162016
RAFAELLA CAMPELO CENTENO20112016
ROBERTO MARTINS DA SILVA DECIO JUNIOR20122016
AIANA SILVEIRA BILHALVA20132017
CRISTIANE BARBOSA BOTELHO20112017
ELISAMA PRIEBE KLUG20132017
FERNANDA DA SILVA ANSELMI SPECHT20102017
JANAÍNA CUNHA DE SOUZA20132017
LETIANE OLIVEIRA DA FONSECA20112017
LETÍCIA MACHADO KAUFMANN20172017
LIANE BLANK SCHNEIDER20132017
LUANA OLIVEIRA DE OLIVEIRA20112017
LUCIANE BICHET LUZ20102017
LÚCIA RENATA DOS SANTOS SILVEIRA20112017

(*) Conceitos de curso:

(**) Vagas e formas de ingresso:

  • A0 - Ampla concorrência;
  • L1 - Candidatos com renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012)
  • L2 - Candidatos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas, com renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012)
  • L5 - Candidatos que, independentemente da renda (art. 14, II, Portaria Normativa nº 18/2012), tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012)
  • L6 - Candidatos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas que, independentemente da renda (art. 14, II, Portaria Normativa nº 18/2012), tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012)
  • L9 - Candidatos com deficiência que tenham renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012)
  • L10 - Candidatos com deficiência autodeclarados pretos, pardos ou indígenas, que tenham renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012
  • L13 - Candidatos com deficiência que, independentemente da renda (art. 14, II, Portaria Normativa nº 18/2012), tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012)
  • L14 - Candidatos com deficiência autodeclarados pretos, pardos ou indígenas que, independentemente da renda (art. 14, II, Portaria Normativa nº 18/2012), tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012)

Localização e contatos

Página dinâmica gerada em 0.743000s.