Nome do Curso / Conceitos (*)
Letras - Tradução Espanhol - Português
CC (2018)4
Nível / Grau
GRADUAÇÃO / Bacharelado
Modalidade
Presencial
Turno
INTEGRAL
Código UFPel
3684
Código e-MEC
1103145
Unidade
Coordenador
A0L1L2L5L6L9L10L13L14Total
PAVE 2019/11111111119
SISU 2019/1511111111
Criação e Reconhecimento
Curso criado pela portaria 1555 de 06 de outubro de 2010.
Curso reconhecido pela Portaria nº 546 de 12/09/2014. Publicada no D.O.U. de 16/09/2014.

Contextualização

O Curso de Bacharelado em Letras - Tradução Espanhol/Português, doravante CBLTE-P, ofertado pela primeira vez em 2010/1 (semestre de implantação), caracteriza-se por ser um curso de formação de tradutores no par linguístico espanhol - português, ofertado em turno integral e desenvolvido ao longo de 8 (oito) semestres. Atualmente, o Curso de Bacharelado em Letras Tradução Espanhol - Português (Cód. 3684) oferece 10 (dez) vagas anuais em regime integral, presencial e semestral. 

Objetivos

Gerais: Proporcionar formação integral aos estudantes no que se refere à sua formação profissional, cidadã e humana, sabendo-se portar de forma ética e inclusiva perante as diferenças e igualdades relativas a etnias, gênero, sexualidade, práticas religiosas, faixas geracionais, compleição física e necessidades especiais, e respeitando os direitos e garantias fundamentais, inclusive no que tange à relevância do convívio com diferentes opiniões, conforme previsão constitucional. Instrumentalizar as / os estudantes para a compreensão da linguagem em suas dimensões política, ética, estética e técnica, devendo o tradutor em formação saber manejar essas diferenças quando da práxis tradutória. Oportunizar condições que favoreçam o desenvolvimento de competências específicas necessárias para a tarefa tradutória; do acesso a domínio de tecnologias que utilizam a língua escrita em diferentes registros; de conhecimentos e habilidades necessários para atender com ética e efetividade às exigências do campo da tradução; de aptidões para desempenharem suas habilidades no contexto atual e a atenderem às demandas da globalização, no que se definem hoje como tecnologia da informação e indústria da linguagem. Além destas competências, para sua formação integral também será característica do curso orientar os estudantes para sua formação ética, crítica, cidadã e humanística que lhe permita conhecer diferentes realidades e desenvolver atributos de cidadão consciente e crítico e valores humanos de justiça, honestidade, solidariedade e paz, entre outros.
Específicos: 
I - Oferecer uma visão abrangente do processo tradutório, incluindo informações sobre teorias, história e ética da tradução e questões (inter)linguísticas e (trans)culturais.
 
II - Oferecer o ensino de língua estrangeira para fins específicos de tradução em níveis básico, intermediário e avançado aos alunos ingressantes cujo nível de proficiência não seja suficiente para cursarem as disciplinas de prática de tradução.
 
III - Proporcionar o estudo da Língua Portuguesa para que o aluno desenvolva competências na produção textual em vários gêneros discursivos com ênfase na norma padrão.
 
IV - Oferecer condições para que o aluno possa aprofundar sua formação tanto na prática tradutória quanto na investigação teórica em uma área de interesse específico, devendo dedicar-se, nos semestres finais do curso, a estágios, estudos avançados e trabalhos de conclusão de curso (TCC) pertinentes a essa especialidade.
 
V - Incentivar a participação dos estudantes em grupos e projetos de pesquisa, para que possam desenvolver com autonomia suas habilidades acadêmicas; captar bolsas de pesquisas, através de projetos, para que haja maior envolvimento e formalização de sua participação como pesquisador. Também se objetiva a participação nos projetos de extensão universitária para que os estudantes possam realizar atividades com e para a comunidade externa à UFPel, adquirindo, através da prática, noções de participação cidadã na comunidade em que vive.
 

Perfil do Egresso

O profissional oriundo dos Cursos de Letras da UFPel deverá assumir uma formação contínua, autônoma e permanente. Sob a perspectiva da língua e da linguagem, todo egresso dos cursos de Letras da UFPel deverá reconhecer as especificidades da linguagem e refletir teoricamente sobre as particularidades que a compõem, além de dominar o uso da língua portuguesa e língua estrangeira, na modalidade culta, em manifestações orais e escritas e reconhecer variações da linguagem, as variedades regionais e sociais da língua, compreendendo as funções sociais e políticas do estudo e do ensino, vinculadas às Políticas Públicas e às Políticas Linguísticas que se operam nacionalmente, regionalmente e transnacionalmente. O egresso do CBLTE-P da UFPel deverá compreender as dimensões políticas, éticas, estéticas e técnicas da linguagem, sabendo manejá-las na práxis tradutória. Deverá, ainda, ter capacidade de gerenciar projetos de tradução, individualmente e em equipe, demonstrando iniciativa para progredir de forma autônoma no aprendizado e buscar atualizações sobre o mundo do trabalho e as especificidades e tecnologias do campo da tradução, portando-se de forma ética perante a sociedade, colegas e clientes. Deverá, para isso, dominar tanto a língua portuguesa quanto a espanhola, e ter capacidade de traduzir, revisar, comparar e analisar criticamente textos com diferentes propósitos comunicativos e traduzidos para distintos meios, refletindo sobre o próprio processo de tradução e sobre o campo da tradução em si. Afinal, o tradutor de textos é, antes de tudo, um profissional que deve ter espírito de pesquisador, o que fará dele um leitor diferenciado e um escritor diferenciado – com olhos tanto para a superfície linguística do texto quanto para as várias camadas de significação deste, devendo então ser conhecedor do contexto da área de conhecimento onde se insere o texto que ele traduz. Isso porque a tradução, além de ser uma retextualização, uma reescritura do texto fonte em seus aspectos lexicais e sintáticos, deve ser também um exercício de recriação (alguns teóricos diriam “manipulação”) do conteúdo semântico, com adequação terminológica, além da atenção à coerência e à coesão textual – de acordo com as necessidades e dentro do horizonte de expectativas da cultura-alvo.

Competências e habilidades

A respeito de sua inserção e atuação no mundo do trabalho, o /a tradutor(a) em formação deverá conhecer as demandas do mundo do trabalho e, preparando-se para conhecer os arranjos de onde atuará, desenvolver-se-á competência para resolver questões relacionadas à oferta de serviços no atendimento a essas demandas, ao desenvolvimento de marketing pessoal, na organização do tempo e de seu material de trabalho e ao atendimento ao cliente quanto a prazos e valores de trabalhos de tradução que poderá desenvolver, sempre tomando por base as entidades sindicais, associações e outros órgãos de referência da área de Tradução. Em outras palavras, espera-se que o /a tradutor(a) em formação e profissional tenha condições de autogestionar seu trabalho. Para tanto, o projeto tradutório do profissional bacharel em Letras Tradução Espanhol – Português deverá considerar os objetivos de uso do texto traduzido de acordo com o que pretende o indivíduo ou organização (cliente) que encomendou o serviço. Além disso, e de acordo com princípios éticos (pois a manipulação do texto em sua reengenharia para outra língua tem seus limites circunscritos a uma clara definição do projeto tradutório), é necessário que o tradutor domine procedimentos e técnicas informatizadas de tradução. Por fim, o Bacharel em Letras – Tradutor precisa ser um profissional ciente de que sua formação é e será um processo contínuo e autônomo, que não acaba ao fim do curso de graduação, mas receberá continuidade e aprimoramento constantes a partir de sua inserção no mundo do trabalho.

Organização Curricular

A carga horária distribui-se nos componentes curriculares de atividades acadêmicas, científicas e culturais (horas teóricas) e nas atividades práticas realizadas em sala de aula. Assim, o modo como as disciplinas dos Cursos de Letras distribuem suas cargas horárias enfatiza tanto a aquisição de conhecimentos e habilidades (através dos conteúdos curriculares) quanto a construção autônoma dos conhecimentos, competências e habilidades necessários à prática profissional do aluno egresso que se insere no mercado de trabalho. Para mais informações, deve-se consultar o Plano Pedagógico do Curso.

Procedimentos e metodologias de ensino

Este projeto propõe a atuação integrada dos distintos atores que conformam a comunidade acadêmica visando à construção participativa do processo de ensino-aprendizagem. Assim, este PPC se alicerça na adequação dos métodos, técnicas e procedimentos de ensino ao contexto atual da instituição, da comunidade em que se insere e no contexto social dos alunos.
 
A metodologia proposta para o Curso de Bacharelado em Letras - Tradução Espanhol / Português inclui formação humanística sólida e instrumentalização em ferramentas tecnológicas de suporte à tradução, com a finalidade de unir a teoria à prática. Partindo-se do entendimento de que para que todo o processo de ensino-aprendizagem alcance os objetivos propostos, as ações pedagógicas essenciais propostas neste projeto, para todos os momentos do curso e para todas as atividades didático-pedagógicas são: (a) a interdisciplinaridade, com a integração e a correspondência entre as disciplinas do currículo do curso; (b) a transdisciplinaridade, como articuladora dos conhecimentos que oportuniza uma visão mais abrangente da natureza e da realidade e contribui para a formação integral do aluno; (c) a contextualização do ensino, como forma de tornar significativa a aprendizagem; (d) os princípios de inclusão, que compreendem a diversidade de nível de conhecimento, de ritmo de aprendizagem, de constituição histórico-social do aprendiz, de conhecimentos prévios e se fundamenta no princípio da igualdade: tratamento igual quanto ao acesso, permanência e êxito no sistema educativo para todos e todas, sem distinção; (e) o estímulo à autonomia e à autorregulação da aprendizagem, para permitir que os alunos aprendam a planejar, controlar e avaliar seus próprios processos cognitivos, motivacionais, comportamentais e socioculturais; (f) a transparência, em todas as atividades pedagógicas, no sentido de demonstrar com clareza como será o processo de ensino-aprendizagem em cada disciplina do curso, quanto ao conteúdo, à(s) forma(s) de avaliação e nas orientações das atividades; (g) o incentivo à participação dos alunos, tanto nas atividades regulares do curso, como em atividades complementares, em comissões e representações discentes, em projetos de pesquisa, extensão, voluntariado, etc. que possa contribuir para a sua formação; (h) a valorização da carreira de tradutor, mediante a apresentação de modelos profissionais da tradução e de caminhos para a inclusão no mundo do trabalho, o valor da profissão de tradutor, as dificuldades, as entidades (sindicatos e associações) que representam os profissionais e as formas de aperfeiçoamento contínuo na carreira.
 

Avaliação do ensino e da aprendizagem

As práticas avaliativas visam a diagnosticar os avanços e a detectar as dificuldades, com vistas a auxiliar o discente a superar problemas e obstáculos nos processos de assimilação, construção e aplicação de conhecimentos, bem como no desenvolvimento das competências, habilidades, atitudes e posturas que promovam a inclusão social.
 
As avaliações no âmbito do CBLTE-P são diversificadas e fundamentadas em critérios flexíveis às especificidades das diferentes disciplinas e áreas de conhecimento, levado em consideração o Regulamento do Ensino de Graduação da UFPel. O método de avaliação é escolhido pelo professor de cada disciplina, de acordo com a metodologia de ensino adequada a cada âmbito do conhecimento, descrito no ementário do Plano Curricular do Projeto Pedagógico do Curso (PPC). O método escolhido por cada docente deve ter como escopo o alcance dos objetivos gerais propostos neste documento (PPC) e como características principais a clareza de seu objetivo pontual e a transparência dos critérios estabelecidos para sua realização. Além disto, a avaliação deve ser considerada como etapa do processo de ensino-aprendizagem com vistas a realizar diagnósticos e apontar soluções para o alcance dos objetivos propostos. Uma avaliação, portanto, não é – e nem poderia ser - um fim em si mesma. O docente, tanto quanto o discente, é avaliado por sua própria avaliação, e deve refletir e buscar novas metodologias sempre e quando diagnosticar não estar alcançando o atingimento das metas propostas para a disciplina. A avaliação, como todas as outras partes da metodologia de ensino deve estar contida como elemento essencial do Plano Curricular do Curso e do Plano de Ensino do professor para aplicação em cada semestre letivo. Este plano de ensino, em atendimento ao princípio da transparência, deverá conter as datas e os critérios de avaliação em cada disciplina, e será apresentado à turma pelo professor regente no início de cada período letivo.
 
Independente da disciplina, será considerado aprovado o aluno que, com pelo menos 75% de presenças na disciplina, obtiver média 7,0 (sete), resultado da soma e divisão pelo número de avaliações presenciais (no mínimo duas e com o mesmo peso) realizadas durante o semestre e cujo peso será estabelecido pelo professor responsável. O aluno que não frequentar no mínimo 75% da disciplina será considerado reprovado, independentemente da média obtida. Aquele que tiver a frequência mínima e atingir a média entre 3,0 (três) e 6,9 (seis vírgula nove) poderá prestar o exame, que consistirá na realização de uma prova com peso 10 (dez) sobre o conteúdo desenvolvido ao longo do semestre. A nota do exame será somada à nota final do semestre e dividida por dois. O resultado para aprovação deverá ser igual ou superior a 5,0 (cinco). Os resultados de cada avaliação parcial deverão ser apresentados, corrigidos e esclarecidos antes do processo avaliativo subsequente e a divulgação de notas pelo professor obedecerá ao Calendário Acadêmico da UFPel.
 

Integração com a Pesquisa e a Pós-Graduação

Todos os professores que estão lotados e a maioria dos professores que atuam no Curso de Bacharelado em Letras Tradução Espanhol-Português são coordenadores ou colaboradores em projetos de pesquisa; alguns estão, inclusive, vinculados ao Programa de Pós-Graduação em Letras da UFPel (Mestrado e Doutorado). A participação em grupos de pesquisa e em projetos de pesquisa ou de atividades de ensino que se vinculam à pesquisa e à extensão são estimuladas, e se oferece aos discentes possibilidades de integração nessas vertentes com sua formação na graduação. Os professores têm o compromisso de envolver os alunos de graduação nos projetos de pesquisa em que participam como voluntários ou como bolsistas de iniciação científica. Essa postura é essencial para a indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão. Na área de tradução, ademais, tem-se como meta instituir uma especialização em tradução literária e consolidar a área de tradução nas linhas de pesquisa do Pós-Graduação em Letras da UFPel, além de ofertar mais eventos acadêmicos e cursos livres em parceria entre graduação e pós-graduação.
 

Acompanhamento de Egressos

A UFPel realiza o acompanhamento de egressos por meio do canal disponível em: https://wp.ufpel.edu.br/egresso/ Essa proposta tem o objetivo de identificar o índice de sucesso da instituição com base na inserção de seus ingressos no mercado de trabalho.

Matriz Curricular

1º Semestre

CódigoDisciplina / Pré-requisitosCaráterCr.Horas
20000295ESTUDOS GRAMATICAIS IObrigatória460
20000296ESTUDOS LITERÁRIOS IObrigatória460
05000103HISTÓRIA DA ARTE OCIDENTALObrigatória460
20000168LEITURA E PRODUÇÃO TEXTUAL IObrigatória460
20000427LÍNGUA ESPANHOLA IObrigatória11165
20000169LINGÜÍSTICA IObrigatória460

2º Semestre

CódigoDisciplina / Pré-requisitosCaráterCr.Horas
20000297ESTUDOS GRAMATICAIS II20000295 - ESTUDOS GRAMATICAIS IObrigatória460
20000298ESTUDOS LITERÁRIOS II20000296 - ESTUDOS LITERÁRIOS IObrigatória460
20000301INTRODUÇÃO À TERMINOLOGIAObrigatória460
20000170LEITURA E PRODUÇÃO TEXTUAL II20000168 - LEITURA E PRODUÇÃO TEXTUAL IObrigatória460
20000428LÍNGUA ESPANHOLA II20000427 - LÍNGUA ESPANHOLA IObrigatória7105
20000245LINGUÍSTICA II20000169 - LINGÜÍSTICA IObrigatória460

3º Semestre

CódigoDisciplina / Pré-requisitosCaráterCr.Horas
20000429LÍNGUA ESPANHOLA III20000428 - LÍNGUA ESPANHOLA IIObrigatória7105
20000319PRÁTICA DE TRADUÇÃO: TEXTO ACADÊMICO ESP/POR20000301 - INTRODUÇÃO À TERMINOLOGIAObrigatória460
20000434SOCIOLINGUÍSTICA20000245 - LINGUÍSTICA IIObrigatória575
20000420TRADUÇÃO: ASPECTOS TEÓRICOS20000170 - LEITURA E PRODUÇÃO TEXTUAL II20000245 - LINGUÍSTICA II20000297 - ESTUDOS GRAMATICAIS II20000298 - ESTUDOS LITERÁRIOS II20000301 - INTRODUÇÃO À TERMINOLOGIAObrigatória460

4º Semestre

CódigoDisciplina / Pré-requisitosCaráterCr.Horas
20000305ANÁLISE DO DISCURSO E LINGUÍSTICA TEXTUAL20000245 - LINGUÍSTICA IIObrigatória460
20000430LÍNGUA ESPANHOLA IV20000429 - LÍNGUA ESPANHOLA IIIObrigatória7105
20000421PRÁTICA DE TRADUÇÃO (ESP - PORT) DO TEXTO COMERCIAL20000319 - PRÁTICA DE TRADUÇÃO: TEXTO ACADÊMICO ESP/PORObrigatória460
20000340TRADUÇÃO - HISTÓRIA E ÉTICA20000170 - LEITURA E PRODUÇÃO TEXTUAL II20000245 - LINGUÍSTICA II20000297 - ESTUDOS GRAMATICAIS II20000298 - ESTUDOS LITERÁRIOS II20000301 - INTRODUÇÃO À TERMINOLOGIAObrigatória460

5º Semestre

CódigoDisciplina / Pré-requisitosCaráterCr.Horas
20000431LÍNGUA ESPANHOLA V20000430 - LÍNGUA ESPANHOLA IVObrigatória7105
20000188LÍNGUA PORTUGUESA: PERSPECTIVA ESTILÍSTICA20000245 - LINGUÍSTICA IIObrigatória460
20000332PESQ. EM LETRAS I (EM TEOR. E TÉC. DE TRAD.)20000420 - TRADUÇÃO: ASPECTOS TEÓRICOS20000340 - TRADUÇÃO - HISTÓRIA E ÉTICAObrigatória460
20000426PRÁTICA DE TRADUÇÃO (ESP - PORT) DO TEXTO JURÍDICO20000319 - PRÁTICA DE TRADUÇÃO: TEXTO ACADÊMICO ESP/PORObrigatória460

6º Semestre

CódigoDisciplina / Pré-requisitosCaráterCr.Horas
20000432LÍNGUA ESPANHOLA VI20000431 - LÍNGUA ESPANHOLA VObrigatória7105
20000271LÍNGUA PORTUGUESA: SEMÂNTICA E PRAGMÁTICA20000169 - LINGÜÍSTICA IObrigatória575
20000338PESQUISA EM LETRAS II20000332 - PESQ. EM LETRAS I (EM TEOR. E TÉC. DE TRAD.)Obrigatória460
20000346PRÁTICA DE TRADUÇÃO ESP/PORT TEXTO CRIATIVO20000319 - PRÁTICA DE TRADUÇÃO: TEXTO ACADÊMICO ESP/PORObrigatória460

7º Semestre

CódigoDisciplina / Pré-requisitosCaráterCr.Horas
20000219ESTÁGIO I20000188 - LÍNGUA PORTUGUESA: PERSPECTIVA ESTILÍSTICA20000338 - PESQUISA EM LETRAS II20000346 - PRÁTICA DE TRADUÇÃO ESP/PORT TEXTO CRIATIVOObrigatória12180
20000422ESTUDOS AVANÇADOS I (EM SOFTWARE DE MEMÓRIA DE TRADUÇÃO)20000188 - LÍNGUA PORTUGUESA: PERSPECTIVA ESTILÍSTICA20000346 - PRÁTICA DE TRADUÇÃO ESP/PORT TEXTO CRIATIVO20000338 - PESQUISA EM LETRAS IIObrigatória460
20000433LÍNGUA ESPANHOLA VII20000432 - LÍNGUA ESPANHOLA VIObrigatória7105
20000424TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO I (TCC I)20000188 - LÍNGUA PORTUGUESA: PERSPECTIVA ESTILÍSTICA20000338 - PESQUISA EM LETRAS II20000346 - PRÁTICA DE TRADUÇÃO ESP/PORT TEXTO CRIATIVOObrigatória460

8º Semestre

CódigoDisciplina / Pré-requisitosCaráterCr.Horas
20000425ESTÁGIO II20000188 - LÍNGUA PORTUGUESA: PERSPECTIVA ESTILÍSTICA20000338 - PESQUISA EM LETRAS II20000346 - PRÁTICA DE TRADUÇÃO ESP/PORT TEXTO CRIATIVOObrigatória12180
20000423ESTUDOS AVANÇADOS II (EM TRADUÇÃO AUDIOVISUAL)20000188 - LÍNGUA PORTUGUESA: PERSPECTIVA ESTILÍSTICA20000338 - PESQUISA EM LETRAS II20000346 - PRÁTICA DE TRADUÇÃO ESP/PORT TEXTO CRIATIVOObrigatória460
20000091LÍNGUA ESPANHOLA VIII20000433 - LÍNGUA ESPANHOLA VIIObrigatória575
20000359TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO II20000424 - TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO I (TCC I)Obrigatória460

Optativas

CódigoDisciplina / Pré-requisitosCaráterCr.Horas
20000290CRÍTICA LITERÁRIA20000294 - PANORAMA CULTURAL DA LIT. BRASILEIRA IIOptativa575
20000093CULTURA E CIVILIZAÇÃO HISPÂNICA20000429 - LÍNGUA ESPANHOLA IIIOptativa575
20000339DRAMAOptativa460
20000202ESCRITA CRIATIVAOptativa460
20000189ESTUDOS DA LITERATURA BRASILEIRA: FICÇÃO20000298 - ESTUDOS LITERÁRIOS IIOptativa460
20000215ESTUDOS DA LITERATURA BRASILEIRA - POESIA20000298 - ESTUDOS LITERÁRIOS IIOptativa460
20000087FONÉTICA E FONOLOGIA DA LÍNGUA ESPANHOLA20000427 - LÍNGUA ESPANHOLA IOptativa575
20000191LATIM IOptativa460
20000228LATIM II20000191 - LATIM IOptativa460
20000348LEGENDAGEM20000319 - PRÁTICA DE TRADUÇÃO: TEXTO ACADÊMICO ESP/POROptativa460
20000131LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS III ( LIBRAS III )20000121 - LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS II ( LIBRAS II )Optativa460
20000121LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS II ( LIBRAS II )20000084 - LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS I ( LIBRAS I )Optativa460
20000084LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS I ( LIBRAS I )Optativa460
20000334LÍNGUA E LITERATURA LATINA IOptativa460
20000247LÍNGUA E LITERATURA LATINA II20000334 - LÍNGUA E LITERATURA LATINA IOptativa575
20000025LÍNGUA ESTRANGEIRA INSTRUMENTAL - ALEMÃOOptativa460
20000031LÍNGUA ESTRANGEIRA INSTRUMENTAL I - INGLÊS Optativa460
20000154LÍNGUA FRANCESA IOptativa460
20000161LÍNGUA FRANCESA II20000154 - LÍNGUA FRANCESA IOptativa460
20000162LÍNGUA FRANCESA III20000161 - LÍNGUA FRANCESA IIOptativa460
20000163LÍNGUA FRANCESA IV20000162 - LÍNGUA FRANCESA IIIOptativa460
20000197LÍNGUA PORTUGUESA: FONOLOGIA20000169 - LINGÜÍSTICA IOptativa575
20000333LÍNGUA PORTUGUESA: MORFOLOGIA20000169 - LINGÜÍSTICA IOptativa460
20000265LÍNGUA PORTUGUESA: SINTAXE I20000297 - ESTUDOS GRAMATICAIS IIOptativa575
20000273LÍNGUA PORTUGUESA: SINTAXE II20000265 - LÍNGUA PORTUGUESA: SINTAXE IOptativa575
20000064LITERATURAS DE LÍNGUA ESPANHOLA I20000430 - LÍNGUA ESPANHOLA IV20000093 - CULTURA E CIVILIZAÇÃO HISPÂNICAOptativa575
20000065LITERATURAS DE LÍNGUA ESPANHOLA II20000431 - LÍNGUA ESPANHOLA V20000093 - CULTURA E CIVILIZAÇÃO HISPÂNICAOptativa575
20000067LITERATURAS DE LÍNGUA ESPANHOLA IV20000431 - LÍNGUA ESPANHOLA V20000093 - CULTURA E CIVILIZAÇÃO HISPÂNICAOptativa575
20000293PANORAMA CULTURAL DA LIT. BRASILEIRA I20000298 - ESTUDOS LITERÁRIOS IIOptativa575
20000294PANORAMA CULTURAL DA LIT. BRASILEIRA II20000293 - PANORAMA CULTURAL DA LIT. BRASILEIRA IOptativa575
20000436PRÁTICA DE TRADUÇÃO INVERSA (PORT - ESP) TEXTO ACADÊMICO20000319 - PRÁTICA DE TRADUÇÃO: TEXTO ACADÊMICO ESP/POROptativa460
20000437PRÁTICA DE TRADUÇÃO INVERSA (PORT - ESP) TEXTO COMERCIAL20000421 - PRÁTICA DE TRADUÇÃO (ESP - PORT) DO TEXTO COMERCIALOptativa460
20000439PRÁTICA DE TRADUÇÃO INVERSA (PORT - ESP) TEXTO CRIATIVO20000346 - PRÁTICA DE TRADUÇÃO ESP/PORT TEXTO CRIATIVOOptativa460
20000438PRÁTICA DE TRADUÇÃO INVERSA (PORT - ESP) TEXTO JURÍDICO20000426 - PRÁTICA DE TRADUÇÃO (ESP - PORT) DO TEXTO JURÍDICOOptativa460
20000192TERMINOLOGIA E TRADUÇÃO20000301 - INTRODUÇÃO À TERMINOLOGIAOptativa460
20000435TRADUÇÃO AUDIOVISUAL ACESSÍVEL (TAVA)Optativa460
20000205TRADUÇÃO DE DIÁLOGOS (ESPANHOL - PORTUGUÊS)20000298 - ESTUDOS LITERÁRIOS IIOptativa460

Turmas ofertadas em 2019 / 1

1º Semestre

Disciplina / Professores / HoráriosTurmaVagasMatric.
20000295 - ESTUDOS GRAMATICAIS I
Horários
ManhãTardeNoite
TER18:50 - 19:40
19:40 - 20:30
20:30 - 21:20
21:20 - 22:10
T1100
20000296 - ESTUDOS LITERÁRIOS I
Horários
ManhãTardeNoite
QUA18:50 - 19:40
19:40 - 20:30
20:30 - 21:20
21:20 - 22:10
T180
05000103 - HISTÓRIA DA ARTE OCIDENTAL
Horários
ManhãTardeNoite
SEG18:50 - 19:40
19:40 - 20:30
20:30 - 21:20
21:20 - 22:10
T1150
20000168 - LEITURA E PRODUÇÃO TEXTUAL I
Horários
ManhãTardeNoite
SEX18:50 - 19:40
19:40 - 20:30
20:30 - 21:20
21:20 - 22:10
T180
20000169 - LINGÜÍSTICA I
Horários
ManhãTardeNoite
QUI18:50 - 19:40
19:40 - 20:30
20:30 - 21:20
21:20 - 22:10
T180

3º Semestre

Disciplina / Professores / HoráriosTurmaVagasMatric.
20000319 - PRÁTICA DE TRADUÇÃO: TEXTO ACADÊMICO ESP/POR
Horários
ManhãTardeNoite
TER13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
15:10 - 16:00
16:00 - 16:50
P1150

5º Semestre

Disciplina / Professores / HoráriosTurmaVagasMatric.
20000188 - LÍNGUA PORTUGUESA: PERSPECTIVA ESTILÍSTICA
Horários
ManhãTardeNoite
TER18:50 - 19:40
19:40 - 20:30
20:30 - 21:20
21:20 - 22:10
T250

7º Semestre

Disciplina / Professores / HoráriosTurmaVagasMatric.
20000219 - ESTÁGIO I
Horários
ManhãTardeNoite
QUI13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
15:10 - 16:00
16:00 - 16:50
P1150

8º Semestre

Disciplina / Professores / HoráriosTurmaVagasMatric.
20000359 - TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO II
Horários
ManhãTardeNoite
QUA18:50 - 19:40
19:40 - 20:30
20:30 - 21:20
21:20 - 22:10
P1150

Optativas

Disciplina / Professores / HoráriosTurmaVagasMatric.
20000215 - ESTUDOS DA LITERATURA BRASILEIRA - POESIA
Horários
ManhãTardeNoite
QUA18:50 - 19:40
19:40 - 20:30
20:30 - 21:20
21:20 - 22:10
T150
20000084 - LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS I ( LIBRAS I )
Horários
ManhãTardeNoite
SEX13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
15:10 - 16:00
16:00 - 16:50
T1970
20000064 - LITERATURAS DE LÍNGUA ESPANHOLA I
Horários
ManhãTardeNoite
SEG13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
TER15:10 - 16:00
16:00 - 16:50
M170
20000439 - PRÁTICA DE TRADUÇÃO INVERSA (PORT - ESP) TEXTO CRIATIVO
Horários
ManhãTardeNoite
QUA18:50 - 19:40
19:40 - 20:30
20:30 - 21:20
21:20 - 22:10
M1100
20000205 - TRADUÇÃO DE DIÁLOGOS (ESPANHOL - PORTUGUÊS)
Horários
ManhãTardeNoite
QUI18:50 - 19:40
19:40 - 20:30
20:30 - 21:20
21:20 - 22:10
T1100

Alunos Matriculados

Nome Ano de ingresso Semestre de ingresso

Alunos Egressos

Nome Ano de ingresso Ano de conclusão
JULIANA DAGAGNY PECCE E SILVA20102013
MIRIAM ANGEL GOLDSCHMIDT20102015
SANMI GUIMARÃES DE SOUZA20152018

(*) Conceitos de curso:

(**) Vagas e formas de ingresso:

  • A0 - Ampla concorrência;
  • L1 - Candidatos com renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012)
  • L2 - Candidatos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas, com renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012)
  • L5 - Candidatos que, independentemente da renda (art. 14, II, Portaria Normativa nº 18/2012), tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012)
  • L6 - Candidatos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas que, independentemente da renda (art. 14, II, Portaria Normativa nº 18/2012), tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012)
  • L9 - Candidatos com deficiência que tenham renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012)
  • L10 - Candidatos com deficiência autodeclarados pretos, pardos ou indígenas, que tenham renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012
  • L13 - Candidatos com deficiência que, independentemente da renda (art. 14, II, Portaria Normativa nº 18/2012), tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012)
  • L14 - Candidatos com deficiência autodeclarados pretos, pardos ou indígenas que, independentemente da renda (art. 14, II, Portaria Normativa nº 18/2012), tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012)

Localização e contatos

  • Rua Gomes Carneiro, 1 Campus Porto
    Pelotas, Rio Grande do Sul
  • Horário de Atendimento:
    A Secretaria do Colegiado do Curso de Bacharelado em Letras – Tradução Espanhol / Português possui horário de atendimento das 9h às 21h, na sala 107 do Campus Porto.
  • (53) 32843815
  • clique para ver o e-mail

Página gerada em 24/02/2019 00:48:01 (consulta levou 0.555903s)